segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Você sabe o que é a intolerância à lactose???


É uma dificuldade que o organismo tem para digerir e absorver o açúcar do leite que é a lactose!

É mais comum acontecer em adultos. Os sintomas são: diarréia, cólicas, barriga estufada (distensão abdominal), náuseas que são as mais comuns e ocorrem minutos após a ingestão do leite de vaca.
O diagnóstico é feito pelo médico ou nutricionista, através da observação dos sintomas, e em alguns casos são solicitados exames específicos.
Se você tem um bebê que mama no peito ele pode continuar a ser amamentado, pois o leite materno deve ser seu principal alimento e também porque é muito raro acorrer a intolerância durante a amamentação!
Mas se o bebê não mamar mais no peito é necessário que ele siga uma dieta especial, pois pequenas quantidades de leite de vaca e seus derivados geralmente são tolerados, como exemplo alimentos como bolachas, bolos etc.
Para os bebês que não estão sendo amamentados é preciso que seja introduzido leite ou fórmula especial, como para crianças até 1 ano utilizar fórmulas isentas de lactose, e acima de 1 ano produtos com baixo teor de lactose pois são bem tolerados!
A maioria das pessoas continua intolerante à lactose por toda a vida... Mas com uma dieta equilibrada podem voltar a tolerar pequenas quantidades do leite de vaca!

No próximo post explicarei melhor sobre a ALERGIA À PROTEÍNA DO LEITE DE VACA!

Espero que tenha ajudado a esclarecer algumas dúvidas!
Abraços a todos!

Manu.

Fonte:neocatefirst; support www.supportnet.com.br et al.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O OVO!




Você gosta de comer Ovos?
Muitas vezes nos perguntamos se ele é saudável ou um vilão...
Então aí vão algumas informações e dicas sobre o tão famoso OVO!
Ele é um alimento rico em proteínas, possui todos os aminoácidos que nosso organismo necessita. Possui ainda vitaminas e minerais essesciais que ajudam a reduzir o colesterol no sangue, ou seja, ao contrário do que se pensa o OVO não aumenta níveis de colesterol, ele é rico em gorduras insaturadas.
Dicas:
- O tempo de cozimento do OVO é de aproximandamente 15 minutos. Isso favorece a absorção da biotina (vitamina do complexo B).
- Evite o cozimento excesivo, a gema pode se tornar esverdeada como resultado da reação entre os compostos da clara e o ferro presente na gema.
- Para que a casca do OVO não se rompa, adicione meia colher de chá de vinagre na água de cozimento.

Estou de volta!!!


Oi pessoal Blogueiro! Voltei!
Passei algum tempo sem postar... andava muito ocupada, Trabalho, Final da graduação, TCCs, Estágios Obrigatórios... Formatura!!! Agora sim: Já Sou uma Nutricionista!!!
Vou trazer alguns posts bem interessantes! Espero continuar na companhia de vocês como leitores, e sintam-se a vontade para comentar!
Abraços.
Manu.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Você sabe o que está comendo?


Você entende os rótulos dos alimentos?
O rótulo do alimento é uma forma de comunicação entre os produtos e os
consumidores. Vejam algumas informações que sempre devem estar presentes
nos rótulos e são importantes que você as identifique:
- Lista de Ingredientes, - Origem, - Prazo de Validade, - Conteúdo Líquido, - Lote,
- Informação nutricional obrigatória.
Você sabe o que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional nos Rótulos??
Quer saber??? Então acesse o endereço abaixo e leia o Manual de orientação aos consumidores - Educação para o Consumo Saudável - ANVISA.
http://www.anvisa.gov.br/alimentos/rotulos/manual_consumidor.pdf
As informações contidas nesse manual são muito importantes! Vamos ler?

Abraço a Todos!

Manu.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Você sabe o que são alimentos Prebióticos e Probióticos ?

Prebióticos são substâncias alimentares que nutrem, ou seja, servem de alimento para um grupo de microorganismos que povoam o intestino. Favorecem mais a multiplicação das bactérias benéficas do que as prejudiciais.
Para obter esses benefícios, acrescente na sua alimentação do dia-a-dia iogurtes com lactobacilos vivos, cebola, alho, tomate, banana, cevada, aveia, trigo, mel, yacon, chicória e, de uma forma geral, consuma frutas, verduras, legumes e cereais integrais.

Considerados funcionais os alimentos prebióticos são alguns tipos de fibras alimentares que possuem ingredientes vegetais não digeríveis pelo organismo.

O que eles fazem?

Esse tipo de fibra possui as seguintes funções:
- Auxiliam na manutenção da flora intestinal;
- Estimulam o trânsito intestinal, contribuindo para a consistência normal das fezes, prevenindo assim a diarréia e a constipação intestinal;
- Colaboram para que o intestino absorva só as substâncias necessárias, eliminando o excesso de glicose (açúcar) e colesterol, favorecendo a diminuição do colesterol e dos triglicérides totais no sangue;
- Estimulam o crescimento das bifidobactérias, que inibem a ação de bactérias formadoras de substâncias tóxicas.
Os probióticos também são batizados de alimentos funcionais, eles possuem microorganismos vivos que, quando ingeridos, exercem efeitos benéficos no funcionamento do intestino, esses organismos são adicionados aos alimentos, como leites fermentados e iogurtes. As mais conhecidas bactérias que exercem essa função são a Bifidobacterium e o Lactobacillus, em especial o Lactobacillus acidophillus. Elas agem produzindo compostos como as citoquinas e o ácido butírico, que são antimicrobianos e antibacterianos, ou seja, favorecem a presença de bactérias benéficas no organismo e diminuem a concentração daquelas indesejáveis.

Funções dos Probióticos:

- Aumentam de maneira significativa o valor nutritivo e terapêutico dos alimentos pois permitem que o organismo absorva melhor as vitaminas do complexo B, os aminoácidos, o cálcio e o ferro.
- Ajudam a fortalecer o sistema imunológico e diminuição dos níveis de colesterol
- Têm particular importância para os indivíduos com intolerância à lactose, devido ao aumento de uma enzima que facilita a digestão da lactose.
A manutenção do equilíbrio da flora intestinal é muito importante para o nosso organismo. Dessa maneira, a alimentação assume papel influente através da ingestão de alimentos que proporcionem o desenvolvimento no intestino de bactérias saudáveis.


REFERÊNCIAS

GUARNER, Francisco et al. Probióticos e prebióticos. Guias práticas da Organização Mundial de Gastroenterologia (OMGE). Probióticos e Prebióticos, Maio 2008.
WAITZBERG, Dan e BELARMINO, Giliane. Probióticos e imunologia. Saúde e nutrição. Danone: Outubro 2008.
SAAD, Susana Marta Isay. Probióticos e prebióticos: o estado da arte
Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas. v.42 n.1 São Paulo jan./mar. 2006.
HOLANDA, Lívia Batista et al. Conhecimento sobre probióticos entre estudantes de uma instituição de ensino superior. INTELLECTUS – Revista Acadêmica Digital do Grupo POLIS Educacional. Ano 04,nº 05, Jul./Dez. 2008.

domingo, 21 de março de 2010

Oi Pessoas Amadas!

Estou escrevendo para dizer à vocês que ando bastante ocupada, por isso não escrevi mais, Mas daqui alguns dias prometo postar alguns temas e novidades legais e úteis para todos!
Até a próxima!
Bjocas!
Emanuela Brito Marques.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Homenagem ao Dia da Mulher! 08/03/2010

Peça para um homen descrever um mulherão...
Ele imediatamente vai falar no tamanho dos seios, na medida da cintura, no volume dos lábios, nas pernas, bumbum e cor dos olhos. Ou vai dizer que tem que ser loira, 1,80m, siliconada, sorriso colgate.
Mulherões, dentro deste conceito, não existem muitas: veras, giseles, malus, adrianes, lumas e brunas.
Agora pergunte para uma mulher o que ela considera um mulherão e você vai descobrir que há muitas...
Mulherão é aquela que pega dois ônibus para ir ao trabalho e mais dois para voltar, e quando chega em casa, encontra um tanque lotado de roupas e uma família morta de fome.
Mulherão é aquela que vai de madrugada para a fila garantir a matrícula do filho na escola é aquela aposentada que passa horas em pé na fila do banco para buscar uma pensão de 100 reais mensais.
Mulherão é a empresária que adminstra dezenas de funcionários de segunda a sexta e uma família todos os dias da semana.
Mulherão é aquela que sai do trabalho e vai para a faculdade estudar até as 24hs para ter uma vida digna.
Mulherão é quem volta do supermercado segurando várias sacolas, depois de ter pesquisado preços e feito malabarismo com o orçamento.
Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes, que se maquia, que faz dieta, que malha, que usa salto alto, meia calça, ajeita o cabelo e se perfuma, mesmo sem nenhum convite para ser capa de revista.
Mulherão é aquela que leva os filhos para a escola, busca-os e os leva para natação, balé, para cama, conta histórias, dá um beijo e apaga a luz.
Mulherão é aquela mãe de adolescente que não dorme enquanto ela não chega e que de manhã bem cedo já está de pé esquentando o leite.
Mulherão é quem leciona em troca de um salário mínimo, é quem faz serviços voluntários, é quem colhe uvas, e quem opera pacientes, é quem lava roupas para fora, é quem bota a mesa, cozinha feijão e a tarde trabalha atras de um balcão.
Mulherão é quem cria os filhos sozinha, quem dá expediente de 8 horas, e enfrenta a menopausa, tpm e menstruação.
Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores nos vasos, fecha a cortina para o sol não desbotar o sofá e mantém a geladeira cheia.
Mulherão é quem sabe onde cada coisa está o que cada filho está sentindo e qual o melhor remédio para azia. Patrícias, anas, luanas, scheilas... Mulheres nota dez no quesito lindas de morrer, mas mulherão é quam mata um leão por dia para sobreviver.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010


Existem tantas estratégias para melhorar a Saúde!!!


A cada semana, aparecem novidades envolvendo alimentação e saúde.
Tomate previne isso, cebola previne aquilo, um cálice diário de vinho não tem problema, etc. Todas estas descobertas são muito importantes, mas também existem outras sugestões para melhorar nossa saúde! Mas também sei de outras coisinhas que fazem bem ou mal pra saúde:

- Prazer faz muito bem.
- Dormir te deixa 0 km.
- Ler um bom livro te faz sentir novo em folha.
- Viajar pode te deixar tenso antes de embarcar, mas, depois, rejuvenesce uns cinco anos!
- Viagens aéreas não nos incham as pernas; e sim o cérebro, pois voltamos cheios de idéias!
- Brigar provoca arritmia cardíaca.
- Ver pessoas tendo acessos de estupidez embrulha-nos o estômago!
- Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro nos faz perder toda a fé no ser humano...
- Caminhar faz bem,
- Namorar faz bem,
- Dançar faz bem,
- Ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo faz muito bem: você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
- Acordar de manhã, arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite, isso sim, é prejudicial à saúde.
- E passar o resto do dia sem coragem para pedir desculpas, pior ainda.
- Não pedir perdão pelas nossas mancadas, dá câncer,
- Guardar mágoas, ser pessimista, preconceituoso ou falso moralista, não há tomate, cebola ou qualquer outro alimento que previna!
- Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, Uau!
- Cinema é melhor prá saúde do que pipoca.
- Conversa é melhor do que piada.
- Exercício é melhor do que cirurgia.
- Humor é melhor do que rancor.
- Amigos são melhores do que gente influente.
- Economia é melhor do que dívida.
- Pergunta é melhor do que dúvida.
- Sonhar é o melhor de tudo e muito melhor do que nada!

Tenha um ótimo Dia!!!

Para Refletir...

"O tempo não espera por ninguém.
O ontem é história.
O amanhã é um mistério.
O hoje é uma dádiva, por isso é chamado de presente."
Adalberto Godoy

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

8 motivos para ir à um Nutricionista!

O nutricionista não é apenas um profissional que só ajuda quem precisa emagrecer. Uma vez que já foi comprovado que uma alimentação adequada traz muitos benefícios para o organismo, até mesmo os planos de saúde são obrigados a oferecer ao menos um nutricionista em seu quadro de profissionais. Você sabia que aproximadamente 80% das doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais (AVCs), diabetes tipo II e 40% dos cânceres poderiam ser evitados a partir de uma dieta saudável, defende o Ministério da Saúde. Além de eliminar quilinhos extras segue abaixo oito motivos para você visitar um especialista!

1. De olho na saúde:

“Se as pessoas tivessem o hábito e a preocupação de procurar um desses especialistas em nutrição para montar um cardápio saudável, teríamos uma expectativa de vida cada vez maior” pois este professional atua diretamente com a medicina preventiva através da alimentação. Um prato de comida balanceado é rico em nutrientes, com uma variação de carboidratos, proteínas vitaminas e minerais, e é capaz de diminuir o risco de infartos, de doenças crônicas, como a diabetes e hipertensão, e até proteger contra o câncer.

2. Criança que come bem:

Um nutricionista pode contribuir diretamente com o desenvolvimento do seu pequeno. “Todas as fases da vida têm suas particularidades nutricionais que devem ser priorizadas, e na infância isso é muito forte”. As necessidades de cálcio ( que ajudam no desenvolvimento dos ossos e dos dentes) , e o ferro ( fundamental no combate da anemia) aliados a um bom cardápio, recheado de muitos nutrientes e minerais e sem excessos de gordura e açúcar, pode fazer toda a diferença quando o assunto é crescimento saudável.
E então? Já pensou em levar seu filhote para uma consulta?

3. De bem com a balança:

“Os maus hábitos alimentares geram milhões de pessoas com excesso de peso em limites perigosos e são a maior ameaça a saúde pública mundial. A obesidade é considerada a doença do milênio, constituindo a principal casa de mortes evitáveis no mundo” “O nutricionista é o profissional capacitado para fazer uma avaliação individualizada e recomendar a dieta ideal para cada caso, além de colaborar para sanar o problema da obesidade”.
Se o excesso de peso é o problema, o tratamento com um nutricionista pode eliminar a gordura extra e ensinar você a comer direito, ou seja, os quilos não voltam mais.

4. Gravidez saudável:

Uma gravidez segura pede visitas a um nutricionista. “Algumas fases da vida necessitam de orientação específica, como na gestação. O estado nutricional materno pode interferir no crescimento e desenvolvimento do feto. A adequação de nutrientes e o ganho de peso adequado são fundamentais para uma evolução positiva da gestação, evitando o surgimento de doenças, como a obesidade, a diabetes gestacional e até problemas como a má formação do feto”.

5. Energia a mil:

Está se sentindo cansado ou sem pique para realizar as atividades do dia a dia? Dê uma boa olhada na geladeira, nos armários da cozinha e, por fim, no seu prato de comida. Uma simples garfada carrega a resposta para o desânimo, como uma quantidade certa de carboidratos, que na dose certa, não oferecem risco para a dieta. “Através do equilíbrio da alimentação, o paciente torna-se uma pessoa mais produtiva no trabalho, com mais disposição para executar as tarefas cotidianas. A autoestima também melhora a partir do alcance do peso desejado. Isso acontece por que suprimos a falta de determinados nutrientes, que deixam uma pessoa abatida”.

6. Atividades físicas:

Outro benefício das técnicas de nutrição estão totalmente relacionadas a prática de atividades físicas. O corpo colhe mais resultados quando há uma alimentação equilibrada em nutrientes e minerais e direcionada para cada pessoa. “Praticantes de atividades físicas ou atletas conseguem atingir um melhor desempenho e condicionamento físico quando recebem orientação nutricional”. “Cada modalidade esportiva requer um programa individualizado, com o objetivo de suprir as necessidades calóricas e de nutrientes, visando sempre desempenho físico e manutenção da saúde”.

7. Prazer em comer bem:

Está com medo que sua alimentação fique restrita a um grupo de alimentos sem graça depois da visita a uma nutricionista? “Uma nutricionista não proíbe nenhum alimentos. O que fazemos é indicar refeições saudáveis e que combinem com o perfil de cada paciente. Servimos como auxílio para as pessoas que desejam mudar seu comportamento alimentar e a visão que tem da comida. Tudo isso com o objetivo de tornar a alimentação um hábito saudável e prazeroso”.

8. Terceira-idade tranquila:

A terceira-idade pode aproveitar ainda mais os benefícios de uma boa nutrição para melhorar a qualidade de vida. “O idoso apresenta um quadro nutricional particular, e isso varia de acordo com a necessidade de cada um, que envolve não apenas hábitos, mas também peculiaridades orgânicas decorrentes do envelhecimento, o organismo pode apresentar, por exemplo, grande necessidade de ferro ou de cálcio. O estado nutricional está intimamente ligado a sua sobrevida”.
Amanda Epifânio Pereira: especialista nutrição e doenças crônicas, Hospital Isr. Albert Eistein.
Ana Paula Mendonça: nutricionista da clínica Genesis, de São Paulo.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

10 Passos para uma Alimentação saudável para Crianças menores de 2 Anos!


Olá pessoal!
Segue algumas orientações (MS) sobre a alimentação de crianças, pois quem tem crianças em casa, ainda mais tão pequeninas assim (menores de dois anos), sabe como é complicado cumprir essa tarefa sem cometer alguns pecados....
Bom, espero que auxilie os interessados!
Bjs: Manu.

PASSO 1 – Dar somente leite materno até os 6meses, sem oferecer água, chás ou quaisquer outros alimentos.
PASSO 2– A partir dos 6meses, oferecer, de forma lenta e gradual, ou­tros alimentos, mantendo o leite materno até os 2anos de idade ou mais.
PASSO 3– A partir dos 6meses, dar alimentos complementares (cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes) no mínimo três vezes ao dia.
PASSO 4– A alimentação complementar deve ser oferecida de acordo com os horários de refeição da família, em intervalos regulares e de forma a respeitar o apetite da criança.
PASSO 5– A alimentação complementar deve ser espessa desde o início e oferecida de colher; começar com consistência pastosa (papas /purês) e, gradativamente, aumentar a sua consistência até chegar à alimentação da família.
PASSO 6– Oferecer à criança diferentes alimentos ao dia. Uma ali­mentação variada é uma alimentação colorida.
PASSO 7 – Estimular o consumo diário de frutas, verduras e legumes nas refeições.
PASSO 8– Evitar açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida. Usar sal com moderação.
PASSO 9 – Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos; garantir armazenamento e conservação adequados.
PASSO 10 – Estimular a criança doente e convalescente a se alimen­tar, oferecendo sua alimentação habitual e seus alimentos preferidos, respeitando a sua aceitação.


Fonte: MS, 2007.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Aleitamento materno: um gesto de carinho e proteção!




A amamentação é considerada a melhor escolha feita pela mãe para alimentar o seu bebê. O leite materno proporciona vínculo, afeto, proteção e nutrição para a criança.

Amamentar envolve o contato direto entre mãe e filho, influenciando no estado nutricional do bebê, bem como no seu desenvolvimento físico e emocional, além de implicar diretamente na saúde materna.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde (MS) recomendam que a amamentação seja exclusiva até os 6 meses (sem a introdução de chás, água, sucos ou outro tipo de leite) e complementada até os 2 anos ou mais.
A amamentação traz benefícios tanto para a mãe quanto para o bebê.

Benefícios para o BEBÊ
1. Oferece todos os nutrientes na quantidade exata;
2. Funciona como uma vacina;
3. Diminui a mortalidade;
4. Evita a diarréia;
5. Evita a infecção respiratória;
6. Diminui o risco de diabetes e obesidade ao longo dos anos.

Benefícios para a MÃE
1. Reduz o peso mais rapidamente após o parto;
2. Auxilia o útero a recuperar o seu tamanho normal;
3. Diminui o risco de câncer de mama e de diabetes;
4. Estabelece vínculo afetivo com o bebê.

Amamente o seu filho: Proporcione a ele saúde e bem estar para a vida inteira!


Créditos: Francielle Arruda Rampeloti e CIA...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

O que é IMC?



Olá pessoal!

Como o objetivo deste blog é informação sobre alimentação e qualidade de vida (além de outras informações relevantes) achei interessante disponibilizar uma calculadora para IMC, que está no canto direito do blog logo acima, é bem fácil de utilizar.
Gostaria então de deixar aqui uma breve explicação sobre o que é o IMC, como ele é calculado, qual seu objetivo e como saber em qual classificação você se encontra após obter seu resultado. Ok! Vamos ao que interessa então.
O IMC (índice de Massa Corpórea) é uma das ferramentas utilizadas para avaliar o estado nutricional do indivíduo. Este índice (IMC) é estimado pela relação entre o peso e a estatura, e expresso em kg/m², ou seja, é calculado pela divisão do peso (em quilogramas) pela estatura ao quadrado ex:um adulto com 60kg ÷ 161cm² logo 60kg ÷ 2,5921 = 23,15(resultado).
O valor encontrado indica se o seu peso está adequado a sua altura. O resultado obtido deve ser comparado com a tabela de classificação do estado nutricional de Adultos

< 18,5 kg/m² Baixo peso
≥ 18,5 e < 25 kg/m² Eutrófico (normal)
≥ 25 e < 30 kg/m² Sobrepeso
≥ 30 kg/m² Obesidade

WHO - World Health Organization, 1995

Cada faixa etária tem uma tabela de classificação diferente, sendo uma para adultos (acima), uma para idosos, uma para crianças e uma para adolescentes, além dessas também existe uma tabela para o acompanhamento nutricional da gestante.
Lembrando que a avaliação do estado nutricional através do IMC de crianças e adolescentes é um pouco mais complicada, o resultado obtido através do IMC deve ser lançado nas curvas de crescimento para então obter outro resultado e depois avaliar pela tabela de percentil a qual apresentará então um resultado adequado.
Essas avaliações do estado nutricional devem ser feitas por profissionais com prática e responsabilidade, a fim de apresentar um diagnóstico confiável.
Obs.: O IMC não é o único parâmetro utilizado para avaliar o estado nutricional do indivíduo, existem outros como: exame físico, exames bioquímicos, antropometria completa, etc.
Espero que tenham gostado!
Qualquer dúvida é só escrever que tentarei responder com prazer!

Fonte: Protocolo do SISVAN. Disponível em: http://nutricao.saude.gov.br/documentos/protocolo_sisvan.pdf
Acesso em: 08 jan. 2010

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Poema do Nutricionista!



Nutricionista não se apaixona...
Sofre reações químicas e alimenta sentimentos.
Nutricionista não tem foguinho...
Tem fogão.
Nutricionista não faz exercício...
Queima calorias.
Nutricionista não bebe...
Lesa os hepatócitos.
Nutricionista não facilita discussões...
Catalisa substratos.
Nutricionista não admite algo sem resposta...
Analisa o hereditário.
Nutricionista não fala...
Coordena vibrações nas pregas vocais.
Nutricionista não pensa...
Faz sinapses.
Nutricionista não come doce...
Ingere CHO de alto índice glicêmico.
Nutricionista não lava louça...
Higieniza utensílios.
Nutricionista não faz comida...
Ensina a comer.
Nutricionista não tem dor de estômago...
Tem desconforto gástrico.
Nutricionista não menstrua...
Tem descamação endotelial.
Nutricionista não toma remédio...
Utiliza fármacos.
Nutricionista não tem desejos absurdos na gravidez...
Tem picamalácia.
Nutricionista não tem IMC normal...
É eutrófica.
Nutricionista não é universitária...
É profissional em treinamento...

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Feliz 2010!!!


Oi pessoal!

Quero desejar a todos um 2010 maravilhoso, de realizações, com muita Paz, Saúde e Felicidades!!!

Beijocas.

Manu.
ALERTA!




Este é um blog informativo.

Antes de qualquer dieta, consulte um profissional

nutricionista.