segunda-feira, 26 de abril de 2010

Você sabe o que está comendo?


Você entende os rótulos dos alimentos?
O rótulo do alimento é uma forma de comunicação entre os produtos e os
consumidores. Vejam algumas informações que sempre devem estar presentes
nos rótulos e são importantes que você as identifique:
- Lista de Ingredientes, - Origem, - Prazo de Validade, - Conteúdo Líquido, - Lote,
- Informação nutricional obrigatória.
Você sabe o que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional nos Rótulos??
Quer saber??? Então acesse o endereço abaixo e leia o Manual de orientação aos consumidores - Educação para o Consumo Saudável - ANVISA.
http://www.anvisa.gov.br/alimentos/rotulos/manual_consumidor.pdf
As informações contidas nesse manual são muito importantes! Vamos ler?

Abraço a Todos!

Manu.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Você sabe o que são alimentos Prebióticos e Probióticos ?

Prebióticos são substâncias alimentares que nutrem, ou seja, servem de alimento para um grupo de microorganismos que povoam o intestino. Favorecem mais a multiplicação das bactérias benéficas do que as prejudiciais.
Para obter esses benefícios, acrescente na sua alimentação do dia-a-dia iogurtes com lactobacilos vivos, cebola, alho, tomate, banana, cevada, aveia, trigo, mel, yacon, chicória e, de uma forma geral, consuma frutas, verduras, legumes e cereais integrais.

Considerados funcionais os alimentos prebióticos são alguns tipos de fibras alimentares que possuem ingredientes vegetais não digeríveis pelo organismo.

O que eles fazem?

Esse tipo de fibra possui as seguintes funções:
- Auxiliam na manutenção da flora intestinal;
- Estimulam o trânsito intestinal, contribuindo para a consistência normal das fezes, prevenindo assim a diarréia e a constipação intestinal;
- Colaboram para que o intestino absorva só as substâncias necessárias, eliminando o excesso de glicose (açúcar) e colesterol, favorecendo a diminuição do colesterol e dos triglicérides totais no sangue;
- Estimulam o crescimento das bifidobactérias, que inibem a ação de bactérias formadoras de substâncias tóxicas.
Os probióticos também são batizados de alimentos funcionais, eles possuem microorganismos vivos que, quando ingeridos, exercem efeitos benéficos no funcionamento do intestino, esses organismos são adicionados aos alimentos, como leites fermentados e iogurtes. As mais conhecidas bactérias que exercem essa função são a Bifidobacterium e o Lactobacillus, em especial o Lactobacillus acidophillus. Elas agem produzindo compostos como as citoquinas e o ácido butírico, que são antimicrobianos e antibacterianos, ou seja, favorecem a presença de bactérias benéficas no organismo e diminuem a concentração daquelas indesejáveis.

Funções dos Probióticos:

- Aumentam de maneira significativa o valor nutritivo e terapêutico dos alimentos pois permitem que o organismo absorva melhor as vitaminas do complexo B, os aminoácidos, o cálcio e o ferro.
- Ajudam a fortalecer o sistema imunológico e diminuição dos níveis de colesterol
- Têm particular importância para os indivíduos com intolerância à lactose, devido ao aumento de uma enzima que facilita a digestão da lactose.
A manutenção do equilíbrio da flora intestinal é muito importante para o nosso organismo. Dessa maneira, a alimentação assume papel influente através da ingestão de alimentos que proporcionem o desenvolvimento no intestino de bactérias saudáveis.


REFERÊNCIAS

GUARNER, Francisco et al. Probióticos e prebióticos. Guias práticas da Organização Mundial de Gastroenterologia (OMGE). Probióticos e Prebióticos, Maio 2008.
WAITZBERG, Dan e BELARMINO, Giliane. Probióticos e imunologia. Saúde e nutrição. Danone: Outubro 2008.
SAAD, Susana Marta Isay. Probióticos e prebióticos: o estado da arte
Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas. v.42 n.1 São Paulo jan./mar. 2006.
HOLANDA, Lívia Batista et al. Conhecimento sobre probióticos entre estudantes de uma instituição de ensino superior. INTELLECTUS – Revista Acadêmica Digital do Grupo POLIS Educacional. Ano 04,nº 05, Jul./Dez. 2008.
ALERTA!




Este é um blog informativo.

Antes de qualquer dieta, consulte um profissional

nutricionista.